Como começar a investir?

Antes de saber em que vai investir, é importante saber como começar a investir.
É necessário ter uma estratégia sobre como o fará.

Existem coisas que se deve fazer e outras coisas que não se devem fazer. Depois de conhecer os princípios básicos, estes podem ser aplicados a qualquer tipo de investimento

Faça a sua própria pesquisa

Em primeiro lugar, é essencial perceber no que está a investir.

Não adianta investir em algo que não percebe. Caso não perceba, faça a sua própria pesquisa e, assim que entender, poderá decidir novamente se deve ou não investir.

É preciso perceber os diferentes produtos de investimento. Por exemplo, se quer investir em acções do Facebook, é necessário saber sobre acções, sobre corretoras e sobre o próprio Facebook.

Não há rentabilidades garantidas

Se alguém falar sobre um investimento com rentabilidade garantida, é preciso fugir!

Não existem rentabilidades garantidas. As rentabilidades no mercado de acções não são garantidas, são sim, a media ao longo de muitos anos.

“Se algo parece demasiado bom para ser verdade, provavelmente é!”
É algo que muitas pessoas não conseguem reconhecer. Pior ainda é quando pessoas em quem confiamos nos estão a recomendar estes investimentos o que pode tornar difícil dizer não.

Portanto, é preciso ter muito cuidado com os seus investimentos!

Tenha um objectivo

É importante investir com um objectivo em mente.

É necessário perceber qual é o seu horizonte temporal, isto é, o tempo entre o momento que investe e o momento que precisa do dinheiro para o seu objectivo. É importante perceber isso porque o horizonte temporal é algo que vai ajudar a determinar o seu perfil de risco, sendo que, em geral, quanto maior for o horizonte temporal, mais risco poderá correr.

Desconfie das pessoas


É preciso ter muito cuidado com as pessoas que o querem ajudar.

Em primeiro lugar, muitas pessoas não sabem do que estão a falar porque nunca pesquisaram sobre o assunto sobre o qual o estão a aconselhar. Paralelamente, os consultores financeiros vão aconselha-lo para investir em produtos com base na comissão que vão receber.

É preciso ter muito cuidado com os consultores de investimento que recebem comissão sobre os produtos que vendem porque desta forma eles deixam de ter o seu melhor interesse em mente para ter o deles. Uma alternativa seria um consultor financeiro que cobra-se uma taxa fixa por hora mas ainda não descobri um serviço com esse formato aqui na Suíça.

Para além disso, é necessário estar atento a sites e blogs de investimento. Sim, até este blog.
Existem muitas pessoas que são tendenciosas ou tem interesses que não expõem publicamente.
Nem toda a gente tem o melhor interesse do publico e por isso é muito importante que faça a sua própria pesquisa e que não confie em nada cegamente!

Controle as suas emoções

Também é preciso ter cuidado com as suas emoções.

Na maioria das vezes, as emoções prejudicarão os seus investimentos. Não deve confiar nas suas emoções para investir. Não invista porque uma determinada acção ou fundo de investimento tiveram uma rentabilidade muito grande recentemente.

É também importante não acreditar nos seus amigos com os seus conselhos financeiras e dicas sobre no que investir porque na maioria dos casos, não é um bom conselho. A matemática e a pesquisa são os seus amigos no que toca a investir, não as suas emoções.

Diversificar

Depois de investir, é preciso diversificar os seus investimentos.

Todos conhecemos o ditado: Não colocar todos os ovos no mesmo cesto. No que toca a investir é exactamente a mesma coisa. Por exemplo, não faz sentido investir apenas em empresas petrolíferas. Caso o preço de petróleo caia bastante num determinado período, o seu investimento poderá ser catastrófico.

O ideal é investir no mercado como um todo. Felizmente existem soluções simples para isso e que não exigem comprar centenas de acções ou fundos individuas.

Minimize os custos

Ao comparar diferentes investimentos, é fundamental minimizar os custos.

Na maioria das vezes, haverá vários produtos que oferecem exactamente a mesma coisa. O que se deve procurar é investir naquele com o custo mais baixo. O custo do seu investimento é aquilo sobre o qual tem mais controle.

Ao minimizar os custos e diversificar o suficiente, vai replicar o desempenho do mercado, excluindo os eventuais custos. Quanto mais baixos forem os custos, maiores será a sua rentabilidade.

Defina a sua estratégia

Se o seu objectivo é começar a investir, é necessário definir uma estratégia financeira.

Para isso, recomendo definir e escrever um plano sobre como e por que vai investir.

Conclusão

A mensagem mais importante deste artigo é: Invista Agora.

Não deve ter medo de investir. Depois de ter um plano, um objectivo e fazer sua própria pesquisa, pode começar a investir. Quanto maior o seu horizonte temporal, mais agressivo poderá ser com seus investimentos. Defina o seu plano e siga-o!

Todas as pessoas cometem erros ao investir. Eu já cometi a minha quota parte de erros enquanto investidor. O que deve fazer é aprender com os seus erros e evitar repeti-los. É preciso recordar: ninguém é perfeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *