O que é Dinheiro?

O dinheiro é um dos principais activos em que todos investem. Quando digo dinheiro, estou a referir-me ao dinheiro que está directamente disponível caso precise. Pode ser o dinheiro que está na sua carteira, na sua conta à ordem ou na sua conta poupança.

Se não tiver nenhum dinheiro disponível, não pode comprar nada. Não será capaz de lidar com emergências que surjam. Portanto, se não tem nenhum dinheiro de parte, o meu conselho seria para começar a acumular alguns meses de despesas em dinheiro. Este dinheiro chama-se fundo de emergência, um tópico que vou abordar mais para a frente.

Pessoalmente, eu tenho um fundo de emergência de três meses de despesas, um valor que pode ou não fazer sentido para si. Se o seu trabalho for muito estável, provavelmente não será preciso mais de três meses. Noutros casos, pode fazer sentido ter um fundo de emergência maior. A questão do fundo de emergência é algo bastante pessoal e das mais importantes a definir.

Como guardar dinheiro

A melhor opção para guardar dinheiro, certamente não é debaixo do colchão. A maior parte do seu dinheiro está provavelmente numa conta à ordem, poupança ou depósito a prazo.

As contas poupança geralmente pagam alguns juros, no entanto fica com o seu dinheiro bloqueado durante algum tempo. Sendo assim, sugiro que tenha pelo menos um mês de despesas na sua conta à ordem, para que caso haja algum imprevisto com o pagamento do seu salário, isso não ser o fim do mundo mas sim, um pequeno inconveniente.

No entanto, há um grande problema com contas à ordem e contas poupança: inflação.

Inflação

A inflação é o aumento dos preços de bens e serviços.

Desde a década de 1950, a inflação foi quase sempre positiva, isto quer dizer que, a cada ano que passa, o preço médio de bens e serviços está a aumentar.

Um exemplo prático de inflação: O preço de 2l de leite no Migros aumentou de 2 CHF para 2,05 CHF. Isto representa uma taxa de inflação de 2,5%. Se este aumento se mantiver ao longo dos anos, quer dizer que, com os mesmos 10 francos vamos conseguir comprar cada vez menos leite. Em 10 anos, os nossos 10 francos passaram de comprar 10l de leite, para comprarem apenas 8l de leite.

A inflação varia de país para país: na Suíça, nos últimos 20 anos, a inflação tem sido bastante baixa, tendo ultrapassado a barreira dos 2% uma vez.
Nos Estados Unidos a inflação tem sido maior, tendo em vários anos ultrapassado os 3%

Investir e inflação

O que tem a inflação a ver com investir?

A inflação aumenta os preços de bens e serviços. Isto significa que, a cada ano que passa com inflação positiva, o seu dinheiro compra menos do que no ano anterior. Dito de outra forma, a inflação está a reduzir o valor do seu dinheiro.

Todos os anos, o seu dinheiro vale menos do que valia no ano anterior.
Posto isto, é muito importante perceber a inflação.

Na maior parte dos países, as taxas de juro são mais baixas do que a inflação. Se considerar-mos uma taxa de inflação média de 1%, tendo em conta que as taxas de juro na Suíça estão neste momento a rondar os 0,1%, isto significa que a cada ano que passa o seu dinheiro está a perder 0,9% do valor. Apesar desta perda não se reflectir na sua conta bancária, com o mesmo dinheiro, vai comprar 0,9% menos a cada ano que passa.

Este conceito é muito importante! Se a taxa de juro fosse maior do que a inflação, seria possível aumentar o seu poder de compra a cada ano mantendo o dinheiro numa conta poupança.
Há cerca de dez anos atrás, as taxas de juros eram superiores à inflação. Infelizmente, actualmente já não é o caso. Contas à ordem e contas poupança devem ser usadas para guardar o dinheiro que precisa, para o dia a dia e para o seu Fundo de Emergência. O resto deve ser investido para combater a inflação.

Como bater a inflação?

Como encontrar rentabilidades superiores à inflação?
Para bater a inflação, é preciso investir em obrigações ou acções.

Nos próximos artigos iremos abordar estes dois instrumentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *